sábado, 12 de fevereiro de 2011

Como entender um filme: A Casa do Lago.

Oi ornitorrincos :)
Alguém dormiu no papo com os posts essa semana... 'xiiii
Desculpem-me, meus amores, é a correria da vida de uma pessoa que não quer interromper seu calendário estudantil.
Nossa.

Durante uma conversa com minha amiga Aline, ela me perguntou sobre um filme que eu havia indicado a ela, A Casa do Lago. Foi um dos primeiros filmes que eu postei aqui no Dicas, e só expliquei que era um romance; impossibilitado pelo tempo. Mas de que maneira isso ocorre? Vamos compreender melhor esse filme, de um jeitinho bem simplificado e poio: um desenhinho do paint. Possui spoilers, ok. Continue lendo.

O filme é, basicamente, a história de um casal, Alex e Kate, que só se fala por meio de cartas. Não, não é porque eles moram em cidades diferentes. Na realidade eles até já moraram na mesma casa (a casa do lago); Alex em 2004 e Kate em 2006. E é por isso que o filme vira confuso. Porque o Alex de 2004 é apaixonado pela Kate de 2006. Siim, isso mesmo. Deixa eu explicar melhor.

Kate deixa a casa do lago em 2006. Então, deixa para o próximo proprietário uma carta, na caixa de correios. Então Alex, que chega na casa em 2004 encontra a carta e a responde. Daí eles vão se falando e descobrem que estão em anos diferentes. O.O

Isso explica o meu desenho lindo. Como no caso do ovo e da galinha, não sabemos que chega primeiro na casa. Vamos aos fatos.
Cronologicamente, Alex é o primeiro, afinal, ele chega lá em 2004. Entretanto, a carta que Kate deixou em 2006 já estava lá. E por isso esse entra e sai vira o círculo vicioso muito bem demonstrado pela minha pessoa no desenho acima. Alex é tanto o anterior quanto o morador posterior da casa, deu pra entender isso? Não? Que pena.

Ornitorrincos, sério que é assim. Não foi uma grande poiice saída de minha cabeça, mas é bem digna, não!?

Aah, por isso é que eu gosto tanto desse filme :D

Bjs bjs amores *

9 comentários:

  1. Oii Ju!
    Adorei seu desenho e tudo que você postou me esclareceu muito, porém, algo que não entendo é como o irmão do Alex já sabe da morte dele, daí depois o Alex encontra a Kate na casa do lago logo em seguida, isso muda também o tempo dos outros? Quero dizer, esse encontro faz tudo voltar no tempo e o irmão do Alex tbm vai esquecer que o irmão morreu há dois anos...sério, muito bom o filme, mas muito confuso mesmo...mas mesmo assim já assisti tantas vezes que perdi as contas...rss...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Vanessa! Desculpe a demora em te responder, estive meio ausente :/
      Que bom que você gostou do post! E eu acho que sim, qualquer alteração no passado modifica toda a história para todos.. Como se fosse um efeito borboleta.. (aliás, outro filme excelente!). É bem confuso mesmo, mas ainda assim, muito bom haha
      Volte sempre! :D

      Excluir
    2. Acho que para entender melhor vamos supor que ele não vá morrer, então existe Alex e Kate no passado (2004) e Alex e Kate no futuro (2006). Se eles dois de 2006 fossem na casa do lago e ela enviasse uma carta para o Alex do passado (2004) falando qualquer coisa tipo "Oi meu nome é Kate lembre-se disso pelo resto da sua vida", no momento que ele do passado (2004) lesse a carta automaticamente do nada ele do futuro teria fielmente essa lembrança, tipo "Eu me lembro que recebi essa carta a uns 02 anos atrás"... E foi isso que aconteceu, no momento que ela manda a carta para salvar a vida dele e fala daqui a uns 02 anos ir lá, automaticamente ele que se encontra na mesma linha temporal que ela tem fielmente essa lembrança, que viveu isso há uns 02 anos atrás onde recebia uma carta mandando ele ir na casa do lago para se encontrarem, então ele vai lá, ou seja, não é ele do passado que encontra ela do futuro e sim ele do mesmo ano que ela com todas as lembranças(o que eles conversavam nas cartas e etc)... Porque ela querendo ou não, alterou o futuro mexendo no passado. Pra ficar mais próximo do real (da ficção kk) no momento que ele do passado lesse a carta, era para acontecer meio que um reset lá no futuro onde ela está, um reset igual o que acontece em "Efeito Borboleta" aonde vai carregando tudo novamente e só ela lembraria como era antes desse reset acontecer, onde a cada mexida mais diferente vai ficando para ela... tipo, faz de conta que Alex(2006) da mesma linha temporal que Kate(2006), é casado e tem 02 filhos, ai ela manda a carta para ele do passado falando para esperar por ela, ai no momento que ele(2004) lê-se a carta e aceitasse aquilo que ela propôs(fazendo de conta que ele vai aceitar e cumprir), automaticamente do nada, tudo do futuro é recarregado... ai por exemplo, ela (2006) perguntaria para ele(2006):
      - Cadê sua esposa e seus filhos?
      - Esposa?! filhos?! não tenho, estive esperando vc por 02 anos.
      - Mas vc tem 02 filhos e é casado.
      - Nunca fui casado e não tenho filhos.
      Outro exemplo seria no final do filme, já imaginou se ela depois que se encontrou com ele na na casa, fosse falar com o irmão dele tipo:
      -Obrigada por me avisar que ele tinha sofrido o acidente e tinha morrido, graças a isso consegui salvar ele.
      O irmão dela ia responder:
      - Do que você está falando? Que acidente? Quem morrido?? Salvar quem??
      Porque aquele futuro que ela presenciou não existiria mais, porque ela mudou, e só ela se lembraria de como esse futuro era antes de ter mudado.
      Espero que tenha entendido essa minha teoria kk, é a única que faz total sentido para mim.

      Excluir
  2. Esse filme é perfeito. Porém ñ entendi nda cm nda. Embora vi várias vezes e lendo sua tese acima... Ainda tô sem entender. Que burra ñ? ��

    ResponderExcluir
  3. Danilo Pereira, já vi esse filme várias vezes e não conseguia entender essa questão do tempo para o Alex e a Kate, ficava muito confuso kkkk. Li toda a sua teoria e não tinha pensado dessa forma, faz total sentido e finalmente consegui entender melhor o filme, portanto, muuuito obrigado. Abraço (:

    ResponderExcluir
  4. O filme não faz sentido, é apenas uma história de amor, pois é impossível nos comunicarmos com o passado já tentei imaginar várias teorias mas nem uma possível, o filme é muito bonito, mas é apenas isso um filme bom que te faz pensar, já que esta falha no espaço/tempo não existe, uma ficção muito bem bolada pelo roteirista mas que é impossível na vida real.
    Pelo menos é minha opinião, ninguém é obrigado a concordar.

    ResponderExcluir
  5. A ruptura do espaço/tempo não é impossível... Nós apenas não conseguimos vencê-la. É como quebrar a velocidade do som, antes de termos feito isso parecia impossível, hoje já não é. Acredito que futuramente isso será possível. Talvez até já aconteça e já estamos sendo visitados por pessoas do futuro... o qual denominamos alienígenas.

    ResponderExcluir
  6. nossa esssa bugada bugou minha mente

    ResponderExcluir

comentem ! (x